A Associação de Futebol de Évora decretou domingo a realização de um minuto de silêncio em todos os jogos da sua associação de 05 a 08 de outubro, em memória do falecimento do ex-árbitro internacional José Pratas.

“Foi com consternação que recebemos a notícia do falecimento do ex-árbitro internacional, observador do Grupo A da Federação Portuguesa de Futebol e sócio de mérito da Associação de Futebol de Évora José João Mendes Prata”, diz o comunicado.

A Associação de Futebol de Évora manifesta a sua “solidariedade à família e amigos de José Pratas”, tendo a sua direção deliberado que se realize “um minuto de silêncio nos jogos da próxima jornada, de 05 a 08 de outubro, em todas as provas da associação”.

O ex-árbitro internacional José Pratas, de Évora, morreu domingo, aos 59 anos, no Hospital do Espírito Santo, na cidade alentejana, vítima de doença prolongada, revelou o presidente do Conselho de Arbitragem da Associação de Futebol do distrito.

“Esta madrugada, perdeu-se uma figura incontornável, ex-árbitro internacional e um ser humano excecional”, lamentou à agência Lusa José Maria Santana, presidente do Conselho de Arbitragem da Associação de Futebol de Évora.

José Pratas foi árbitro internacional entre 1993 e 2002, tendo-se retirado da arbitragem em 2003.

Esteve na 1.ª categoria nacional entre 1988/89 a 2002/03, arbitrando cerca de 200 jogos na I Liga, além de ter arbitrado também a final da Taça de 1993/94.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.