A transferência de João Félix do Benfica para o Atlético de Madrid reacendeu uma antiga relações entre os dois clubes no que ao mercado diz respeito, sendo que, os colchoneros foram o clube que mais despendeu nesta relação.

Desde 1993, quando se deu o primeiro negócio entre espanhóis e portugueses, o Atlético de Madrid já gastou quase 200 milhões de euros para garantir reforços do plantel encarnado, enquanto o Benfica 'soltou' 61 milhões de euros.

Do Benfica para o Atlético de Madrid: 196,5 milhões de euros

O primeiro jogador a despedir-se do Benfica vestir a camisola colchonera foi Dani, na época 2000/2001, a troco de 2,5 milhões de euros. Já na época 2007/2008 foi a vez de Simão Sabrosa trocar os encarnados pelo Atlético de Madrid, na altura por cerca de 20 milhões de euros.

Em 2014/2015, Jan Oblak tornou-se no quarto jogador a sair da Luz para Madrid. O guarda-redes rendeu 16 milhões de euros ao Benfica, uma época depois de Roberto ter sido recomprado pelos espanhóis por 6 milhões.

Duas temporadas depois, os encarnados disseram 'adeus' a Gaitán, que rumou ao Atlético por 25 milhões de euros. Já este mercado de transferências, os colchoneros contrataram Saponjic por um milhão de euros e João Félix pela transferência recorde de 126 milhões.

'Pérolas do Seixal' renderam mais de 350 milhões de euros ao Benfica em 5 anos
'Pérolas do Seixal' renderam mais de 350 milhões de euros ao Benfica em 5 anos
Ver artigo

Do Atlético de Madrid para o Benfica: 61 milhões de euros

A primeira transferência entre os dois clubes ocorreu na temporada 1993/1994, quando Paulo Futre deixou o Atlético de Madrid para representar o Benfica. Na altura, o avançado custou cerca de 3 milhões de euros aos cofres encarnados.

Em 2010/2011, Benfica e Atlético voltaram a firmar negócio, desta feita por Roberto, que saiu do emblema de Madrid para rumar a Lisboa por 8,5 milhões de euros. Três anos depois, o guarda-redes espanhol foi recomprado pelo Atlético, desta vez por 6 milhões de euros.

João Félix lidera os principais negócios já confirmados para a época 2019/20
João Félix lidera os principais negócios já confirmados para a época 2019/20
Ver artigo

Em 2012/2013, Salvio chegou à Luz vindo do Atlético de Madrid por 13,5 milhões de euros. Um ano depois foi a vez de Pizzi, que custou 14 milhões de euros ao Benfica. Já o último jogador a deixar os madrilenos pelos encarnados foi Raúl Jímenez, que em 2015/2016 rendeu 22 milhões de euros aos cofres do Atlético de Madrid.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.