O Sporting venceu, esta quarta-feira, o Fenerbahçe na primeira partida de preparação do estágio que os leões estão a realizar na Suíça. Doumbia e Bas Dost foram os homens golo da equipa de Alvalade no primeiro embate de grande dificuldade da pré-época. Coincidência ou não, a partida foi resolvida por aquela que será provavelmente a dupla de ataque dos leões na próxima temporada.

À quarta partida de preparação, a equipa de Jorge Jesus tinha o primeiro teste 'à séria' frente a um adversário de elevada dificuldade e apetrechado de craques como Valbuena ou Van Persie.

Para o duelo frente ao Fenerbahçe, o Sporting apresentou-se num 4-4-2. O técnico português fez alinhar um onze com Piccini e Coentrão nas laterais. Coates e Mathieu no centro defesa. No miolo, com Petrovic a fazer de William Carvalho e Bruno Fernandes de Adrien Silva.

Primeiro tempo

O Sporting teve uma entrada à leão e podia ter chegado à vantagem logo no primeiro minuto. Lance muito rápido do ataque leonino, com Alan Ruiz a colocar a bola em Bas Dost, valendo o corte de um defesa da equipa turca na hora H.

O Sporting respirava qualidade no miolo, com Bruno Fernandes sereno e incisivo na organização, a servir sempre com categoria os seus companheiros da frente. Exemplo disso foi uma lance na primeira parte em que endossou a bola 'com perfume' para Bruno César, que acabou por rematar de forma enrolada.

Iuri Medeiros também ia revelando bons pormenores, combinando bem com os companheiros do ataque. Foi dos pés do extremo leonino que teve origem o primeiro golo do Sporting. Tudo começou num livre de Iuri Medeiros, Coates desviou de cabeça e Bas Dost fez a emenda vitoriosa. Era o culminar do domínio do Sporting.

Curiosamente a partir desse momento foi o Fenerbahçe quem cresceu na partida. Os turcos chegaram mesmo ao empate por intermédio de Dirar, após um cruzamento de Sener. E podiam ter chegado ao segundo golo, ainda antes do intervalo com um remate venenoso de Valbuena, a que valeu a defesa de Jug.

Segundo tempo menos exuberante

O segundo tempo foi bastante menos exuberante, com ambos os técnicos a fazerem, como é habitual em jogo de pré-época, várias experiências. Com as muitas alterações, a partida caiu bastante de ritmo. O Fenerbahçe perdeu a meio do segundo tempo duas suas principais referências (Saíram Van Persie e Val Buena e entraram Kose e Stoch) e perdeu poder de fogo.

No início da etapa complementar entraram Jonathan Silva, Battaglia, Mattheus Oliveira e Doumbia. Saíram Fábio Coentrão, Bruno César, Petrovic e Alan Ruiz.

Doumbia entrou muito bem na partida. Exibindo todo o seu fulgor físico, fez sentir a sua presença logo aos 46 minutos, numa jogada individual, em que ofereceu o golo a Bruno Fernandes, que rematou por cima.

Pouco depois foi Mattheus Oliveira a dispor de excelente ocasião, servido por Bas Dost, mas o brasileiro acabou por atirar fraco e fácil para Demirel.

De seguida, Jonathan Silva quase ia comprometendo numa perda de bola, que possibilitou o remate de Van Persie.

Aos 62 minutos, Jorge Jesus voltou a mexer. Tirou Piccini, Coates, Mathieu e Bas Dost e fez entrar André Geraldes, Tobias Figueiredo, André Pinto e Podence.

Aos 76 minutos, um dos melhores homens do Sporting na segunda parte, acabou por oferecer o triunfo aos leões. Depois de uma bola parada batida por Mattheus Oliveira, a bola sobrou para o costa-marfinense Doumbia que atirou para o fundo da baliza.

Até ao final, os leões ainda podiam ter dilatado a vantagem. Gelson Dala atirou ao poste, após uma jogada de génio de Podence que antes tinha tirado dois adversários da frente.

Nota positiva para o Sporting de Jorge Jesus. Depois de uma boa primeira parte, no segundo tempo os leões baixaram de intensidade..

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.