“Não é um adversário qualquer. Juntamente com o Sp. Braga é uma equipa que tem tido um crescimento vertiginoso e sustentado nos últimos anos”, disse João Carlos Pereira na antevisão da recepção ao Nacional da Madeira, num jogo em atraso da 6.ª jornada da Liga.

O técnico dos “azuis”, que já passou pelos alvi-negros na época 2004/05, reiterou que o adversário é “uma boa equipa, com bons jogadores”, mas garantiu que o Belenenses vai “lutar pela vitória” e deixou um desejo: “Contamos com o apoio dos nossos adeptos”. “É um opositor de grande respeito, mas já defrontámos três equipas muito fortes (Sp. Braga, Benfica e Sporting). Temos um calendário difícil, já que defrontamos nas primeiras nove jornadas os sete primeiros classificados do ano passado”, realçou.

Na equipa do Nacional tem-se destacado o avançado Edgar, que já contabiliza quatro golos na Liga, mas o treinador português não vai pedir aos seus jogadores qualquer marcação especial, apenas quer “evitar que cheguem bolas” ao ponta-de-lança brasileiro.

O treinador do conjunto do Restelo não acredita que os madeirenses se apresentem com uma atitude demasiado defensiva, até porque, “a avaliar pelas entrevistas das pessoas do Nacional, há ambição”, apesar de advertir que no Restelo “também existe muita ambição e confiança”.

Questionado sobre a possibilidade de uma vitória ser o tónico necessário para o Belenenses partir para uma boa época, João Carlos Pereira preferiu ressalvar o trabalho que tem sido feito com o plantel. “Temos vindo a crescer de forma satisfatória. Ainda estamos a dar os primeiros passos no nosso caminho e esperamos continuar a evoluir enquanto equipa”, concluiu.

O Belenenses, 14.º classificado, recebe o Nacional da Madeira, sexto, na segunda-feira, às 20:15, num encontro que será dirigido pelo árbitro Cosme Machado, de Braga.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.