Pela terceira jornada consecutiva, o Belenenses SAD vai jogar no Estádio do Bonfim. Depois de ali terem recebido o Moreirense, os azuis regressaram a Setúbal,  na última jornada do campeonato, para medir forças com os sadinos. E agora voltam a jogar em 'casa' emprestada para defrontar o Marítimo.

O Estádio Nacional, no Jamor, tem recebido os jogos em casa do Belenenses SAD está época, mas o recinto desportivo continua interditado devido às más condições do relvado.

Numa nova vistoria ao Estádio Nacional, a Liga voltou a chumbar o relvado, e foi mesmo o organismo liderado por Pedro Proença que intercedeu junto do Vitória de Setúbal para que o jogo fosse realizado no Bonfim.

Os sadinos ainda recusaram voltar a ceder o seu estádio mas, uma vez que o Belenenses SAD já realizou jogos em dois estádios nesta temporada na condição de equipa visitada, não o poderá fazer em outro palco, sob pena de ser castigado com pena de derrota.

"A Liga transmitiu ao Vitória estar em causa a integridade da competição devido à impossibilidade de o jogo se realizar noutro estádio, o que teria como consequência a atribuição dos três pontos ao Marítimo", disse Vítor Hugo Valente, presidente do Vitória de Setúbal, em declarações ao jornal A Bola.

Assim, o Estádio do Bonfim voltará a ser a 'casa' emprestada do Belenenses SAD, com os sadinos a admitirem que os azuis vão suportar os custos inerentes a esta situação.

"O Belenenses irá ressarcir financeiramente o Vitória e custeará os serviços de manutenção do relvado do estádio", garantiu o dirigente setubalense.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.