FC Porto, Porto Canal e Francisco J. Marques. São estes os destinatários da queixa do Benfica na Polícia Judiciária, que acusa os intervenientes de uma alegada pirataria informática.

Segundo avança o jornal Record, os 'encarnados' acusam o FC Porto de divulgar e-mails de comunicação interna entre os dirigentes do clube da Luz e Luciano Gonçalves, presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol, devido a um pedido de bilhetes para o Centro Recreativo de Alcanadas.

O Benfica assegura que os e-mails foram "deturpados e manipulados", afirmando que pode existir crime informático por parte dos três intervenientes.

Recorde-se que, no mês passado, o presidente da APAF terá solicitado bilhetes para o Benfica-Marítimo para o centro recreativo da aldeia de onde é natural.

A denúncia foi feita por Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto, que acusou os ´encarnados` de terem tentado aproveitar esta situação para "comprometer" o líder da Associação de Árbitros.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.