“Assinalamos a coragem que teve por assumir erros que influenciaram resultados de vários jogos e penalizaram gravemente o Benfica, confirmando, dessa forma, que a actual classificação da Liga está adulterada”, afirmou o clube da Luz em comunicado publicado no seu site oficial.

Em conferência de imprensa, Vítor Pereira reconheceu razão ao Benfica em três situações na polémica derrota por 2-1 em Guimarães, a terceira dos campeões nacionais no campeonato.

“O Benfica espera que a conferência de imprensa do Presidente da Comissão de Arbitragem, Vítor Pereira, tenha um efeito pedagógico junto dos árbitros e observadores, e que o futuro próximo do futebol português traduza uma melhoria significativa no nível global das actuações das equipas de arbitragem”, lê-se no comunicado dos “encarnados”.

Apesar das queixas às arbitragens, o clube da Luz garantiu que “nunca pôs em causa a seriedade e competência” de Vítor Pereira” e frisou que “nunca pretendeu qualquer tratamento de favor” por parte dos árbitros.

“Percebemos a definição dos critérios elencados pelo senhor Vítor Pereira, concordamos com eles, só não entendemos a falta de uniformização na aplicação desses mesmos critérios, nomeadamente a nível disciplinar e nos livres de 11 metros”, adianta o documento.

O Benfica espera ainda que Vítor Pereira “não seja pressionável”, mas que seja “responsável para perceber que tem elementos dentro da sua estrutura que podem não ter a sua mesma boa-fé e a mesma competência”.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.