O Groningen chegou ao primeiro golo bem cedo, aos três minutos de jogo, num lance que envolveu Tadic pela esquerda, cruzando para a grande área, e perante a impassividade dos centrais benfiquistas, Pedersen cabeceou para o fundo das redes.

Mas a vantagem holandesa não durou nem três minutos porque num lance de insistência na área holandesa, a bola sobrou para Kardec que, de primeira, rematou rasteiro para o golo do empate.

Do lado encarnado, os maiores perigos da primeira parte vieram do lado esquerdo, por um motor chamado Gaitán, e pelo pé “quente” de Carlos Martins.

Aos 35 minutos de jogo, o Benfica chegou ao segundo golo, por intermédio de Kardec, mas o árbitro anulou (mal) o lance ao brasileiro.

Benfica e Groningen disputam a segunda jornada da quarta edição do Troféu Cidade de Guimarães, no Estádio D. Afonso Henriques, um dia depois de o Vitória de Guimarães ter vencido no primeiro dia.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.