O Vitória de Guimarães chegou ao golo logo na primeira grande oportunidade de perigo para a baliza encarnada. João Ribeiro espalhou magia desde o meio-campo até à grande área do Benfica, desfazendo-se de quatro adversários, e passou, milimetricamente, para Edgar que finalizou da melhor forma.

A defesa do Benfica adormeceu no momento do passe do ex-Académica, ficando à espera do fora de jogo, e Edgar lucrou também com uma saída pouco segura de Roberto.

Depois do golo vitoriano, o Benfica despertou e foi a equipa que mais vezes chegou à baliza de Nilson mas o Vitoria de Guimarães mostrou-se seguro e tranquilo, com uma posição mais defensiva.

O Benfica chegou ao empate com uma ajuda do guardião vitoriano ao minuto 32. Na sequência de um pontapé de canto, o argentino Saviola aproveitou da melhor forma a bola que Nilson não agarrou (e que parecia simples), enviando-a, de pé direito, para dentro das redes.

Os adeptos benfiquistas reclamaram um fora de jogo assinalado a Saviola num lance em que estava isolado ante o guarda-redes do Vitória de Guimarães e uma falta dentro da grande área sobre Pablo Aimar.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.