Depois de ter conquistado o título de campeão na última temporada, o Benfica está a ter o pior início de temporada da sua história, com três derrotas em quatro jogos, estando já a nove pontos do líder FC Porto.

O Sporting também já perdeu cinco pontos na Liga portuguesa, dois dos quais na última jornada em casa frente ao Olhanense, pelo que surge no “derby” também sem grande margem para erro.

O encontro entre os dois “rivais” de Lisboa foi antecedido de polémica, depois de os órgãos sociais do Benfica terem, entre outras decisões, apelado aos adeptos para não seguirem a equipa nos jogos fora e ameaçado não participar na Taça da Liga.

Estas ameaças surgiram na sequência de uma polémica arbitragem na derrota dos “encarnados” frente ao Vitória de Guimarães (2-1) e levaram alguns dirigentes do Sporting a dizer que esperam não vir a ser prejudicados depois desta dura tomada de posição do Benfica.

As duas equipas chegam a este encontro motivados por vitórias nas competições europeias, tendo o Benfica derrotado em casa o Hapoel Telavive, por 2-0, num encontro da Liga dos Campeões, marcado por um gesto de Óscar Cardozo, que mandou calar os adeptos.

Com apenas dois jogadores a manterem-se no “onze”, o Sporting venceu fora o Lille, por 2-1, na primeira jornada da Liga Europa.
Este será o 25.º jogo entre as duas equipas esta década, registando-se um empate, com oito vitórias para cada lado e outros tantos empates, sendo que o Benfica leva ligeira vantagem nos golos marcados (36 com 33).

O líder da Liga, o FC Porto, apenas joga segunda-feira, dia em que encerra a jornada com uma visita ao Nacional, um terreno difícil e no qual o Benfica já perdeu (2-1). O Nacional, no entanto, já não ganha há dois jogos.

O Vitória de Guimarães venceu no sábado a União de Leiria por 1-0, com um golo de Maranhão, somando o terceiro triunfo seguido, que lhe permitiu ascender provisoriamente ao segundo lugar, a um ponto do FC Porto, que tem o registo perfeito de 12 pontos em quatro jogos.

Também no sábado, o Beira-Mar empatou 1-1 em casa com o Marítimo, na estreia de Pedro Martins no comando técnico da equipa madeirense, que conquistou o segundo ponto em cinco jogos.

A jornada iniciou-se na sexta-feira, com o Olhanense a receber e a vencer o Portimonense por 2-0, o que permitiu à equipa de Daúto Faquirá ocupar por um dia o segundo lugar da classificação.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.