Paulo Sérgio, castigado, não sentou no banco de suplentes para orientar o Sporting no dérbi lisboeta. Alberto Cabral, treinador-adjunto dos Leões, tomou conta da equipa verde e branca mas não conseguiu evitar a derrota por 2-0.

«Não fomos inferiores em nada. Fomos até, em grande parte do jogo, superiores. O Benfica foi eficaz e feliz. Na segunda parte podíamos ter feito o golo mas o Benfica foi feliz ao fazer o segundo golo. O Benfica quando ficou a jogar com dez jogadores fechou-se e defendeu bem. O Sporting foi digno, não pelo resultado mas pelo que fizemos», analisou, esta segunda-feira, o técnico-adjunto do Sporting, Alberto Cabral, na entrevista rápida concedida à Sport Tv.

«Agora iremos continuar a trabalhar e acreditar no nosso trabalho para fazer o melhor para o Sporting», acrescentou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.