O selecionador de Marrocos, o bósnio Vahid Halilhodzic, elogiou a atitude de Adel Taarabt, que quis apresentar-se aos trabalhos da seleção, apesar dos problemas físicos.

O técnico refere que o Benfica fez pressão para que o médio ficasse em Lisboa.

"O clube insistiu para que não viesse, mas ele compareceu, e aprecio muito esse gesto. O clube fez tudo para que ele ficasse", afirmou o selecionador de Marrocos em conferência de imprensa.

"Sei que há clubes que incentivam os seus jogadores a não virem às seleções. Pressionam-nos até por vezes para fingirem que estão lesionados. Mas isso não nos vai impedir de continuar a seguir quem considero estar apto para fazer parte da equipa", acrescentou o treinador, referindo-se também a Ziyech, do Ajax, que acabou por ser dispensado.

Halilhodzic considera que é difícil que o jogador do Benfica esteja disponível para o jogo com a Líbia, desta sexta-feira, mas espera recuperá-lo para a receção ao Gabão, na terça-feira.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.