Óscar Cardozo não compareceu ao primeiro treino do Benfica ontem à tarde e disse a uma rádio do seu país que está no Paraguai a acompanhar a evolução do estado de saúde do seu filho (infectado com o vírus da Gripe A) sem autorização do clube da Luz.

“Falei com o director-desportivo do Benfica, expliquei-lhe a situação, mas ele disse que não me autorizava a ficar. Não compreendo. Mas fiquei. Como poderia ir, deixando aqui a minha mulher com o meu filho doente? Como ficaria eu? A minha cabeça ia estar no Paraguai e não em Portugal. Agora estou aqui, ele está a melhorar, vamos ver”, disse Cardozo à Rádio Monumental, do Paraguai.

Por agora continua incerta a data de regresso do paraguaio a Lisboa, estando mesmo em causa a sua presença no encontro com o Marítimo, no dia 2 de Janeiro, para a Taça da Liga.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.