O Benfica reagiu esta terça-feira ao apedrejamento de um autocarro de adeptos dos 'encarnados' no passado domingo. Em comunicado o clube da Luz disse ser intrasigente no que toca à segurança dos sócios e adeptos encarnados.

"O Sport Lisboa e Benfica lamenta e repudia profundamente o arremesso de objetos contra um autocarro com sócios e adeptos do nosso clube da Casa do Benfica em Barcelos quando regressavam de assistir ao último Benfica-Braga. Desde o primeiro momento temos acompanhado a situação do nosso adepto de 25 anos que se encontra no hospital de Gaia, e através do responsável das Casas do Benfica, Jorge Jacinto, acompanhamos o trabalho das autoridades para apurar responsabilidades. Reafirmamos que seremos intransigentes para garantir a segurança dos nossos adeptos que pelo seu amor ao clube acompanham a equipa por todo o país", pode ler-se no comunicado.

Recorde-se que dois adeptos do Benfica ficaram feridos este domingo, dia em que os 'encarnados' jogaram a 14º jornada do campeonato nacional frente ao Sporting de Braga.

O autocarro que transportava os adeptos benfiquistas de Barcelos foi apedrejado na autoestrada A1, em Grijó, Gaia. O veículo transportava os adeptos para casa depois do jogo no Estádio da Luz, quando foi perseguido por uma viatura ligeira.

Essa viatura terá parado em frente ao autocarro para que um indivíduo atirasse um paralelo, que acabaria por partir um vidro do autocarro, o que feriu uma mulher. Mas a situação não ficou por aqui e a história repetiu-se.

Uns metros mais à frente, o indivíduo da viatura ligeira atirou mais um paralelo ao autocarro e desta vez acertou num jovem de 20 anos, que sofreu um traumatismo craniano encefálico. As duas vítimas foram transportadas para o hospital Santos Silva em Gaia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.