“Estou muito contente, fui muito bem recebido e sinto-me adaptado ao clube (Leixões) desde o primeiro dia”. Afirmou o jogador do FC Porto que se encontra emprestado por uma época ao clube leixonense, realçando a importância de estar a ser utilizado pelo técnico José Mota.

O argentino esteve parado devido a lesão mas deverá ser opção do técnico de Leixões para o “onze titular” no jogo deste sábado frente ao FC Porto.  “Temos de ter cuidado com os onze jogadores que entrem em campo, nomeadamente Farías, por ser um goleador, e Hulk, devido à sua potência dentro de campo”, realçou o jogador de 25 anos.

O defesa afirmou não se sentir pressionado em jogar contra a equipa que detém o seu passe, "tenho de a enfrentar e dar o melhor de mim". Até porque o Leixões ainda não conseguiu uma vitória nesta nova época, enquanto o ano passado, em período homólogo, alojava-se calmamente no lugar cimeiro da classificação. “No sábado espero um resultado melhor. Merecíamos melhores resultados em todos os encontros que jogamos”, rematou o argentino.

Este sábado, o Leixões faz uma pequena deslocação até ao Estádio do Dragão para defrontar o FC Porto, numa partida que terá início às 19 horas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.