O Boavista vai começar a pré-temporada na sexta-feira, com dois dias de exames médicos e testes físicos, estando o primeiro treino agendado para 04 de julho, confirmou à agência Lusa fonte do clube da I Liga de futebol.

A preparação estará centralizada no Estádio do Bessa, no Porto, onde os ‘axadrezados’ desejam potenciar as suas próprias condições logísticas, que incluem campos de treinos com relvados no complexo contíguo ao recinto, uma zona de refeições, LAB e ginásio.

O calendário dos encontros de preparação irá ser conhecido mais tarde, numa altura em que o defesa francês Vincent Sasso (ex-Servette), o médio Bruno Lourenço (ex-Estoril Praia) e o avançado Salvador Agra (ex-Tondela) são reforços do Boavista para 2022/23.

De saída estão o defesa equatoriano Jackson Porozo, contratado pelos franceses do Troyes, e o avançado croata Petar Musa, que acabou o período de empréstimo aos portuenses e, posteriormente, deixou os checos do Slavia Praga para rumar ao Benfica.

Outras cedências expiradas incidem no guarda-redes iraniano Alireza Beiranvand, cuja carreira prosseguirá no seu país ao serviço do Persepolis, depois de se ter desvinculado dos belgas do Antuérpia, e no defesa Tiago Ilori, que pertence aos quadros do Sporting.

Já o médio espanhol Javi García rescindiu contrato por mútuo acordo com o Boavista e terminou a carreira de jogador aos 35 anos, para regressar ao Benfica, que representou entre 2009 e 2012, como adjunto do recém-chegado treinador alemão Roger Schmidt.

Num defeso em que os franceses do Bordéus exerceram a cláusula de opção de compra pelo avançado hondurenho Alberth Elis, os ‘axadrezados’ viram o guarda-redes brasileiro Rafael Bracali e os defesas Pedro Malheiro e Filipe Ferreira renovarem os seus vínculos.

Igual decisão tomou o médio Bernardo Silva, um dos pilares da formação que se sagrou campeã nacional da II Divisão de juniores em 2021/22, na qual também se notabilizou o defesa Pedro Gomes, que se prepara para fazer a pré-época junto da equipa principal.

O treinador Petit está vinculado até junho de 2024, após ter reassumido em novembro do ano passado o comando do Boavista, que alcançou a oitava permanência seguida na I Liga, ao ficar no 12.º lugar, com 38 pontos, 10 face à zona de despromoção automática.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.