O plantel do Boavista arranca os trabalhos de pré-temporada com exames médicos e treinos na segunda-feira, no complexo contíguo ao Estádio do Bessa, no Porto, confirmou à agência Lusa fonte do clube da I Liga de futebol.

O calendário dos jogos de pré-época vai ser anunciado mais tarde, na certeza de que os ‘axadrezados’ estiveram concentrados até ao final da semana passada em preencher em tempo útil os requisitos necessários à sua inscrição na próxima edição do campeonato.

Em causa estavam certidões de inexistência de dívidas ao Fisco e à Segurança Social, entregues há cinco dias na Liga Portuguesa de Futebol Profissional, que confirmou na segunda-feira o licenciamento do Boavista para as provas profissionais de 2021/22.

Quanto à constituição do plantel, o Boavista ainda não oficializou reforços e já assistiu ao fim dos empréstimos do defesa Jesús Gómez e do avançado Jorge Benguché, em vias de regressarem aos mexicanos do Atlas e aos hondurenhos do Olimpia, respetivamente.

Já o dianteiro gambiano Yusupha terminava contrato em 30 de junho e renovou por duas temporadas na terça-feira, no mesmo dia em que o Desportivo de Chaves, da II Liga, incluiu o avançado brasileiro Juninho Vieira na lista de atletas com vínculo contratual.

Único reforço anunciado pelo Boavista na reabertura do mercado, em 21 de janeiro, o extremo evoluiu sob orientação de Jesualdo Ferreira, mas um “impedimento súbito” estimulou as ‘panteras’ a adiarem para julho a sua inscrição junto da Liga de clubes.

“A Boavista FC, Futebol SAD reconhece o surgimento de um impedimento súbito e posterior à contratação do jogador, que nada tem a ver com as despesas correntes da sociedade (entre as quais salários), mas impossibilitou a efetivação em tempo útil da sua inscrição. A transferência ficará adiada para o próximo dia 01 de julho de 2021”, explicaram os portuenses em 01 de fevereiro, em comunicado no sítio oficial na Internet.

Com o intuito de “direcionar toda a energia e meios” para o “reforço e consolidação” do plantel sénior, o Boavista justificou na terça-feira ter “suspendido temporariamente” o projeto da equipa de sub-23, prescindindo da participação na Liga Revelação 2021/22.

O treinador Jesualdo Ferreira está vinculado até junho de 2022, depois de ter regressado ao Bessa em dezembro do ano passado para alcançar a manutenção na I Liga à 34.ª e última jornada, na 13.ª posição, com 36 pontos, cinco acima da zona de descida.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto