O Boavista venceu esta noite o Vitória de Setúbal, por 3-1, no Estádio do Bessa, em jogo a contar para a 27ª jornada do campeonato nacional. Bueno, Sauer e Heriberto fizeram os golos dos axadrezados, enquanto Carlinhos reduziu para os sadinos.

O encontro mexeu cedo no Estádio do Bessa e logo aos cinco minutos de jogo surgiu o primeiro golo dos homens da casa. Depois de um cruzamento rasteiro de Fernando Cardozo na direita, Bueno finalizou na passada e fez o primeiro golo da tarde.

Já aos 14 minutos foi o Vitória de Setúbal que esteve muito perto de marcar. Na sequência de um canto a favor dos visitantes, com uma jogada de insistência, Guedes tentou o cabeceamento e acertou mesmo no ângulo.

Depois do golo, o Boavista foi perdendo força, enquanto o Vitória de Setúbal ia dominando o encontro com relativa facilidade. E foi assim mesmo que surgiu o golo dos sadinos aos 35 minutos de jogo, que acabaria por ser invalidado. Depois de um cruzamento de Mansilla, Guedes apareceu solto ao segundo poste a encostar, mas o lance foi anulado por fora-de-jogo. O árbitro ouviu as indicações do VAR e confirmou a decisão inicial.

Já ao cair do pano, os axadrezados acabaram por dar a volta e marcar o segundo, apesar do fraco rendimento coletivo que tinham mostrado nos últimos minutos. Cardozo meteu para Marlon no meio, este desmarcou Sauer que disparou certeiro, a bola a entrar rasteira junto ao segundo poste para o segundo golo dos homens da casa.

Já na segunda parte, acabou por chegar o golo do Vitória de Setúbal. Depois de um cruzamento de Mansilla, Carlinhos em zona central tentou o remate de fora da área, forte e colocado, e conseguiu um 'golaço'.

Aos 78 minutos, os sadinos estiveram muito perto de fazer o segundo. Depois de um cruzamento de Berto na direita, Guedes apareceu em zona de finalização, mas o guarda-redes da casa negou o empate.

Numa altura em que o Vitória de Setúbal ia ganhando espaço, Heriberto marcou o terceiro do Boavista e resolveu o encontro. Heri fugiu a Artur Jorge, aguentou a pressão e picou a bola sobre Makaridze, para o fundo das redes sadinas. O tento foi anulado inicialmente por posição irregular, mas António Nobre recorreu ao VAR que analisou o lance e validou o tento, Heri estava em jogo por cinco centímetros.

Com a vitória de hoje, o Boavista somou o segundo triunfo seguido e subiu, de forma provisória, ao oitavo lugar do campeonato, com 35 pontos, enquanto o Vitória de Setúbal, que vai em nove jogos em vencer (quatro derrotas e cinco empates), está em 12.º, com 30 pontos.

Veja o resumo do jogo

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.