Segundo dados oficiais, o Sporting de Braga tem neste momento 24 532 sócios, informação prestada hoje pelo seu director de comunicação à agência Lusa, enquanto o Vitória de Guimarães conta com 24 050 (número actualizado no sítio vitoriano), uma ultrapassagem histórica não muito bem aceite pelos vimaranenses, que sempre estiveram à frente do seu rival neste capítulo.

Este facto pode explicar-se pela recente actualização do número de associados vitorianos, que eram até há pouco tempo mais de 30 000. Nesse processo (em Maio/Junho deste ano), foram eliminados nove mil sócios, porque não pagavam quotas há dois ou mais anos, e o Vitória passou a contar então com pouco mais de 23 mil associados.

Já em Braga, o aumento foi exponencial nos dois últimos anos, com cerca de seis mil novos “Guerreiros do Minho” a aderir à “causa”, sendo que o clube só procederá a nova actualização em 2011 (estatutos ditam revisão de três em três anos), sendo previsível, como sempre acontece nessas alturas, uma descida do total hoje verificado.

O segundo lugar conquistado em 2009/10 (melhor classificação de sempre do clube) e a luta até ao fim pelo título, o apuramento para a Liga dos Campeões já nesta época e a campanha de “marketing” realizada junto dos mais jovens nas escolas de Braga e alguns concelhos limítrofes (cerca de três mil sócios em quase três anos nestas acções), serão as principais razões que explicam tal crescimento.

O Vitória de Guimarães, porém, continua a ter nas bancadas do seu estádio mais adeptos, tendo vendido esta temporada quase o dobro de lugares anuais em relação ao vizinho (15 340 contra 8000).

Em termos de assistências nos cinco jogos da Liga realizados em casa, o Vitória tem um acumulado de 72 005 espectadores, média de 14 401 por jogo, enquanto o Sporting de Braga, igualmente em cinco partidas, conta com 59 549 espectadores (média de 11 909).

O Vitória tem, em média, mais 2500 espectadores por jogo, mas importa salientar que já recebeu dois “grandes”, Benfica e FC Porto - encontros em que registou as duas melhores “casas” da temporada -, e o Sporting de Braga não.

Na época passada, o clube vitoriano somou 238 257 (média de 15 883, a melhor a seguir aos “três grandes”) nos 15 jogos realizados em casa, enquanto o bracarense registou 214 112 (média de 14 274), sendo que a direcção “arsenalista” franqueou as portas do Estádio Municipal de Braga nos jogos com Marítimo (maior enchente de sempre), Olhanense e Paços de Ferreira.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.