O SC Braga foi, esta tarde, somar um triunfo saborso, mas suado, por 2-1 na visita ao terreno do último classificado, o Paços de Ferreira. Um resultado que garante, pelo menos, a manutenção do segundo lugar da tabela ao fim da primeira volta e que coloca pressão sobre FC Porto e Benfica para os seus jogos deste sábado, nas respetivas visitas a V.Guimarães e Santa Clara.

Sem poder contar com a estrela da companhia, Ricardo Horta, devido a uma lesão contraída no treino de sexta-feira, o Braga teve mais tempo de posse de bola e rematou mais, mas foi o Paços o primeiro a ameaçar, num remate à trave de Guedes aos 14 minutos.

Só aos 40 minutos o Braga conseguiu criar real perigo na grande área do Paços de Ferreira, com Iuri Medeiros a obrigar Marafona, guarda-redes da casa, a aplicar-se.

A abrir a segunda parte o Paços podia ter marcado, mas foi a vez de Matheus brilhar na baliza do Braga e acabou mesmo por ser o conjunto arsenalista a marcar primeiro. Abel Ruiz fugiu à marcação, cruzou atrasado para Vitinha, que atirou à vontade para o fundo da baliza pacense.

O 2-0 esteve perto de acontecer, com Marafona a voltar a mostrar qualidades na baliza do Paços e os anfitriões conseguiram, aos 68 minutos, restabelecer a igualdade, num belo golo de Holsgrove: remate à entrada da área do escocês, que fez a bola a entrar junto ao ângulo superior, sem hipótese para Matheus.

Pensou-se que o 1-1 iria manter-se até ao apito final, com o árbitro a conceder sete minutos de desconto, e foi mesmo no derradeiro minuto desse tempo de compensação que o Braga chegou ao golo da vitória, com Banza, que havia saltado do banco no decorrer da segunda parte, a marcar o golo que valeu os três pontos ao conjunto de Artur Jorge.

Depois de um alívio de Marafona na sequência de um pontapé de canto dos minhotos, a jogada prosseguiu com Paulo Oliveira a levantar para a entrada da área, a bola sofreu alguns desvios e sobrou para Banza, que de pé esquerdo marcou.

Antes do apito final houve ainda tempo para o Paços de Ferreira se ver reduzido a dez jogadores. Maracás foi expulso com vermelho directo, devido a protestos na sequência do golo de Banza.

Com este triunfo, o Sporting de Braga, segundo classificado, fica com 40 pontos, a um do líder Benfica e com mais quatro do que o FC Porto, equipas com menos um jogo, enquanto o Paços de Ferreira segue no 18.º e último lugar, com seis pontos, depois de sofrer a primeira derrota após o regresso de César Peixoto.

VEJA O RESUMO DO ENCONTRO

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.