O Sporting de Braga de Domingos Paciência, que quarta-feira venceu, para a primeira mão da terceira pré eliminatória da Liga dos Campeões, o Celtic põe 3-0, entrou sem um único jogador do “onze” inicial que defrontou os escoceses. Alan, Mário Felgueiras, Rodriguez, entre outros, só chegaram ao relvado principal do Municipal de Braga pouco antes do intervalo e para fazer treino à parte.

Numa primeira parte de sentido único, com o Sporting de Braga a impor-se perante o Al-Sharjah de Manuel Cajuda, os bracarenses chegaram, sem novidade ao golo.

Fernando inaugurou o marcador, aos seis minutos, com um cabeceamento certeiro, após canto marcado por Hélder Barbosa.

Pizzi aumentou a contagem, aos 16 minutos, com um remate rasteiro à entrada da área.

Na primeira etapa, a equipa dos Emirados Árabes apenas apareceu no jogo em duas ocasiões: Nawaf Mubarak rematou forte para defesa de Artur (oito minutos); Ahmed Aljanahi passou a Nawaf que voltou a atirar à figura do guardião bracarense (19).

Na segunda parte, Domingos já apostou na entrada de alguns dos principais jogadores – como Meyong que foi dos mais irrequietos dentro do relvado – embora a maioria dos titulares do jogo europeu tenha visto a partida da bancada (Madrid, Miguel Garcia e Alan, entre outros).

Pizzi ameaçou as redes de Rashid Ahmed, aos 51 minutos, com um remate à trave. No minuto seguinte, os minhotos aumentaram a vantagem com um golo de Hélder Barbosa que só teve de encostar, após cruzamento de Lucas.

Meyong tentou a sorte aos 60, quando atirou à figura, e aos 83, quando a bola saiu ligeiramente ao lado.

O Sporting de Braga acabou com uma vitória por 3-0 frente ao clube de Cajuda, onde jogou João Tomás, avançado do Rio Ave que aproveitou a manhã para rever dois velhos clubes e vários antigos companheiros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.