Durante uma conversa mantida, via FC Porto TV, com Lucho e Jesualdo Ferreira,, Bruno Alves recordou o clássico com o Benfica disputado no Dragão em outubro de 2005, que os 'encarnados' venceram por 2-0.

O jogo ficou marcado pela expulsão do defesa central após uma entrada dura sobre Nuno Gomes, autor dos dois golos das 'águias'.

"Estávamos a perder por 2-0 em casa, mas como eu aprendi com o meu pai, posso perder no jogo, mas não posso perder na porrada. Então, na porrada eu não perdi", disse o agora jogador do Parma.

Bruno Alves revela ainda que o episódio acabou por ter consequências para o resto da temporada.

"Passei algum tempo de fora, mas o Adriaanse foi sempre muito honesto comigo e disse-me que se não tivesse sido expulso provavelmente iria continuar a jogar. Mas depois daquele momento também houve uma alteração do sistema tático, a equipa começou a ganhar e foi muito difícil voltar a jogar. Entendi a situação, aprendi com os erros e isso também fez de mim um jogador e uma pessoa mais forte para lidar com o futebol e com a vida", observou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.