Bruno de Carvalho deixou entender esta noite no programa Prolongamento, da TVI24, que o Benfica faz ofertas a árbitros, delegados e observador da Liga num valor a rondar os 250 mil euros por ano.

Reportando-se ao envio de uma informação anónima através de uma caixa com a figura de Eusébio e uma réplica da camisola do Benfica que o 'Pantera Negra' vestiu nos anos 60 e 70, o líder do Sporting disse que o objeto seria dado no sentido de obter benefícios em campo.

"É entregue esta prenda aos quatro árbitros do jogo, dois delegados e um observador. Dá 28 jantares por jogo, tanto na equipa A como equipa B. Só em jantares, por ano, deve rondar 140 mil euros. Em prendas, tudo deve rondar um quarto de milhão de euros. Disseram-me que tudo isto é entregue aos árbitros e a Federação e Liga é que devem achar se isto é bonito. Nos balneários deixamos-lhes comida e vai lá o fisioterapeuta ver se estão bem", disse.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.