O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, despediu-se hoje com elogios de três futebolistas que deixaram o clube no ‘mercado’ de janeiro, caso dos avançados Montero e Tanaka e do guarda-redes Marcelo Boeck.

Reconhecendo que foram três jogadores que o “marcaram de forma especial”, o presidente ‘leonino’ salientou, na sua página no Facebook, que o avançado colombiano, que saiu para os chineses do Tianjin Teda, lhe “encheu as medidas como atleta e pessoa”, assegurando que as portas do Sporting “estão sempre abertas para o seu regresso”.

Quanto a Tanaka, que foi emprestado para os japoneses do Kashiwa Reysol até junho de 2017, Bruno de Carvalho destaca o seu empenho e a “forma de ser e estar contagiante”, salientando que “voltar a casa era o seu desejo”.

“E o terceiro o nosso ‘capitão’ Boeck. O seu amor pelo Sporting Clube de Portugal, a sua voz dando alento aos seus colegas durante os jogos e a forma vibrante como vivia cada momento vão deixar saudades. Um verdadeiro leão que nunca deixará de fazer parte da nossa alma e do nosso coração”, escreveu, dirigindo-se ao guarda-redes, que foi transferido para o Chapecoense.

Na mesma mensagem, Bruno de Carvalho recordou ainda a “paixão e carinho” pelo clube ‘verde e branco’ de Cédric e Nani, confiando que ambos “um dia voltarão a casa novamente”, e de Miguel Lopes.

O líder ‘leonino’ pediu ainda aos ‘reforços’ Marvin Zeegelaar, Schelotto, Ruben Semedo, Bruno César, Coates e Barcos se empenhem com “talento, garra, atitude, vontade, trabalho e humildade” na persecução dos objetivos do clube.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.