Bruno de Carvalho terá enviado várias mensagens de incentivo aos jogadores do Sporting antes do jogo com o Vitória de Setúbal, que ocorreu no último sábado, em que se despedia assinando “o vosso presidente”.

De acordo com o jornal Correio da Manhã, as SMS causaram grande desconforto, sendo que os jogadores terão transmitido esse desagrado a um elemento da SAD 'leonina', que se encontrava no balneário.

As mensagens recebidas pelos jogadores seriam personalizadas, permitindo identificar o recetor, caso fossem divulgadas.

Elementos da SAD tentaram tranquilizar o plantel, garantindo que Bruno de Carvalho estaria apenas a tentar desestabilizar o balneário.

Recorde-se que Bruno de Carvalho esteve na última sexta-feira em Alvalade, afirmando que teria na sua posse uma providência cautelar do Tribunal de Lisboa para anular o resultado da Assembleia Geral destitutiva de 23 de junho e que, como tal, continuava a ser presidente do Sporting.

Eleito presidente do clube em março de 2013 e reconduzido em 2017, Bruno de Carvalho foi destituído do cargo na reunião magna de junho, com 71,36% dos votos, e posteriormente suspenso de sócio pela Comissão de Fiscalização, criada na sequência da demissão da maioria dos membros do Conselho Fiscal e Disciplinar.

Recorde-se que as atitudes que anteciparam a convocação da AG que viria a destituir Bruno de Carvalho da presidência do clube geraram mal estar entre o então líder dos 'leões' e o plantel, levando à rescisão unilateral de vários jogadores.

Entre os atletas que rescindiram com os 'leões' estão Bas Dost, Bruno Fernandes e Battaglia, que viriam a reverter as suas decisões, após a garantia dada pelo presidente da SAD, Sousa Cintra, de que Bruno Carvalho não voltaria à presidência do clube.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.