Na conferência de imprensa que se seguiu à surpreendente derrota caseira, por 4-3, com o Santa Clara, Bruno Lage reforçou a ideia que já havia deixado no 'flash interview', lamentando o facto de a equipa ter deitado a perder o que de bom fez para conseguir virar o resultado, antes de falar sobre a sua continuidade no Benfica.

"Tivemos uma entrada muito forte na segunda parte, marcámos, voltámos a sofrer, conseguimos dar a volta e, depois, oferecemos dois golos ao adversário, num penalti e numa carambola. Isto sem querer tirar mérito ao Santa Clara. A forma como sofremos os golos deixa-nos um sabor amargo. Foram três pontos que não queríamos nem podíamos perder. Marcámos três golos, não podíamos sofrer quatro", sublinhou o treinador do Benfica.

Lage deixou, depois, a receita para inverter o momento negativo que a equipa atravessa. "Com trabalho e empenho vamos tentar dar a volta e convencer os adeptos de que somos capazes. A forma como chegámos aos golos e as oportunidades que criámos depois do 3-2 mostram que somos capazes. Podíamos ter chegado ao 4-2 e até ao 5-2", lembrou.

Com esta derrota o Benfica chegou à sua pior série de sempre no Estádio da Luz. Mas isso não leva Bruno Lage a pensar na demissão, garantiu o treinador, que em jeito de brincadeira questionou os jornalistas o porquê de o quererem ver deixar o cargo.

"Desde a terceira jornada, altura da derrota com o FC Porto, ou até antes, que estão muito preocupados com o meu lugar. Chegaram até a perguntar-me qual o meu ordenado! Às vezes fico a pensar quem é que andam a promover para meter no meu lugar O lugar não é meu, é do Benfica!", vincou.

Aposta em Zivkovic agradou, apesar do resultado

A terminar, Bruno Lage falou do regresso de Bruno Lage à equipa e mostrou-se satisfeito com o desempenho do sérvio. "A aposta em Zivkovic surgiu porque senti que, neste momento, podia contar com ele para trazer espaço interior e meia distância ao nosso jogo, que é o que ele tem de muito bom. Fico feliz pela forma como se reencontrou com o seu jogo e como entrou na partida esta tarde. As oportunidades surgem sempre na altura certa, independentemente do resultado. Sinto que ele entrou e entrou bem, trazendo dinâmica à equipa. Participou no primeiro e no terceiro golo e esteve noutras ocasiões de golo", concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.