O treinador Bruno Ribeiro anunciou hoje, em conferência de imprensa, a sua saída do Vitória de Setúbal, depois de quatro meses à frente da equipa técnica e de ter garantido a permanência do clube na I Liga de futebol.

"Decidi que não continuarei no cargo de treinador do Vitória na próxima época. O trajeto durante estes quatro meses não foi fácil, mas saio com a satisfação de dever cumprido", disse.

O sucessor de Domingos Paciência explicou que "a procura de novos projetos pesou na decisão” de declinar o convite da direção para continuar à frente dos setubalenses.

“Há que abraçar outros desafios. Vou agora pensar noutras coisas e num futuro diferente", sublinhou Bruno Ribeiro, garantindo não ter ainda definido se o seu futuro passa por Portugal ou pelo estrangeiro.

"Vamos esperar. Vou falar com o meu empresário e ver que possibilidades existem e analisá-las nesta e na próxima semanas para depois decidir o que é melhor. Não vou ter pressa", referiu.

Por entre elogios aos jogadores "magníficos e campeões" que treinou em Setúbal, Bruno Ribeiro, que sai acompanhado pelos adjuntos Marcelo Chagas e Andy Smith, não escondeu o desejo de voltar no futuro a trabalhar no clube.

"Certamente não se trata de uma despedida, mas sim de um 'até já'", vaticinou, admitindo cansaço. "Sou sócio deste clube enorme e sinto-o de forma muito intensa e com natural desgaste emocional que esta situação provoca".

Bruno Ribeiro fez questão de mostrar gratidão à direção de Fernando Oliveira pela aposta que fez nele quando o contratou, em janeiro passado, ao Pinhalnovense, do Campeonato Nacional de Seniores.

"Estou agradecido à direção por tudo o que fez por mim. Ajudou-me a relançar a carreira", reconheceu o técnico que, em 2010/11, já orientara a equipa principal dos sadinos.

O Vitória de Setúbal terminou a I Liga de futebol na 14.ª posição, com 29 pontos, à frente de Académica, Arouca, Gil Vicente e Penafiel.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.