O Portimonense apresentou hoje oficialmente mais dois reforços, o avançado Bryan Rochéz e o médio Gustavo Klismahn, que querem ajudar o clube da I Liga portuguesa de futebol com golos e assistências.

"Sempre me tenho caracterizado por não apontar objetivos em números, mas sim objetivos pessoais: trabalhar muito para ajudar a equipa e fazer o máximo de golos possível, seja cinco, seis, sete. O mais importante é ajudar a equipa, seja com golos, assistências ou sacrifício defensivo", apontou o hondurenho Bryan Rochéz, de 27 anos.

O jogador, formado no Real España, no seu país natal, representava o Nacional desde 2017 e, na última temporada, foi o segundo melhor marcador da II Liga, com 15 golos. Assinou contrato por três épocas com o emblema de Portimão, ficando com uma cláusula de rescisão de 20 milhões de euros.

"A minha prioridade era ficar em Portugal, obviamente na I Liga, e quando soube do interesse do Portimonense, fiquei muito feliz. Falei com o meu ex-colega Pedrão, falámos muito sobre o clube, a estrutura e a cidade", disse, sobre a decisão de se vincular aos algarvios.

Rochéz quer "trabalhar para ganhar a posição, não só nos jogos como também nos treinos", numa equipa que "joga bom futebol, com movimentação e golos, e também defende bem, sendo muito completa".

O outro reforço apresentado foi o médio Gustavo Klismahn, que rubricou um contrato de cinco anos e também ficou 'protegido' por uma cláusula de rescisão de 20 milhões de euros.

“Estou muito feliz com esta oportunidade que o Portimonense me está a dar. Era um sonho chegar a este patamar da I Liga. Tenho de trabalhar para as coisas correrem bem e o clube alcançar os seus objetivos", afirmou.

O futebolista de 22 anos, formado no Desportivo Brasil, começou no futebol português na equipa de sub-23 do Estoril Praia, entre 2018 e 2021, e na época passada foi uma das figuras do Alverca, na Liga 3, o terceiro escalão.

"Não tive a oportunidade que eu queria no Estoril, mas não tenho nada a reclamar, foi muito bom o tempo que passei por lá, só tenho a agradecer. Tive de dar um passo atrás para dar dois em frente, é assim a vida, às vezes temos de baixar um pouco para alcançar os nossos objetivos", prosseguiu Klismahn.

O médio disse estar "completamente preparado" para singrar no escalão principal do futebol português, num "clube de alta tradição" que "tem uma ótima estrutura e oferece todas as condições".

Gustavo Klismahn Dimaraes Miranda, que quer somar "golos e assistências", explicou que o nome por que é conhecido no futebol surgiu de uma homenagem do seu pai ao antigo jogador alemão Jürgen Klinsmann.

"O meu pai era fã dele e fez-lhe essa homenagem, com o sonho de que eu seguisse no futebol", lembrou.

Com esta dupla de 'caras novas', são nove os reforços já assegurados pelo Portimonense, que nesta pré-época soma uma derrota e um empate, e no sábado defrontará, em Albufeira, a Roma, de José Mourinho.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.