Declarações de Rúben Amorim, treinador do Sporting, e de Viktor Gyokeres, autor de dois golos dos leões frente ao Gil Vicente

Análise ao jogo: "Sabíamos que era um jogo complicado e mesmo controlámos bem o Gil Vicente, as suas transições e a forma como ataca com jogadores muito talentosos. Marcou se calhar na única vez que foi à nossa baliza. Voltámos a sofrer numa ocasião. Depois empatámos e foi justo ao intervalo. Na segunda parte encostámos o Gil à sua baliza, marcámos duas e podíamos ter feito melhor. Depois com cansaço, recolhemos mais um bocadinho nos últimos dez minutos, controlámos e fomos justos vencedores."

Substituições ao intervalo: "O Nuno fez o golo, com ajuda do adversário. O Inácio saiu porque há jogos que não são tão bem conseguidos e é difícil estar sempre no máximo e preferimos retirá-lo. Depois o Esgaio foi porque o Gil Vicente trocou o Félix de lado, quisemos fazer o contrário. Não saíram porque estavam a jogar mal, porque não estávamos a dominar, mas sim porque queríamos outra tática e outros movimentos."

Veja as melhores imagens da partida

Liderança isolada: "Os pontos refletem as melhores equipas, seja a jogar, a ganhar jogos, a não sofrer golos... Voltámos ao primeiro lugar, mas parece-me que é muito claro que o campeonato vai ter ainda muita história. Passo a passo, já dissemos o que queremos no final, mas não pensar muito à frente. Pensar no próximo jogo."

Lesão de St. Juste: "Torceu o pé. Caiu mal. Nada relacionado com os anteriores. É azar, nada a ver com o joelho, nada muscular."

Viktor Gyökeres

Mais uma boa exibição: "Jogámos bem desde o início, ainda tive um golo anulado por fora de jogo, não sei se foi à justa ou não. O Gil Vicente marcou de livre e foi na minha zona de ação, eu devia ter feito melhor. O Nuno [Santos] empatou pouco depois e o golo antes do intervalo foi importante. Sabíamos que íamos criar mais oportunidades na segunda parte, acabei por marcar dois golos, mas podia ter feito o hat-trick. Conseguimos a vitória e isso foi o mais importante."

Liderança: "Há boas equipas na Liga, por isso temos sempre que somar pontos. Há muitos jogos ainda pela frente, temos de continuar assim ou talvez tenhamos de jogar melhor para manter o primeiro lugar. Não podemos baixar o nível a partir de agora."

Apoio dos adeptos: "É muito bom. Adoro jogar aqui, eles são incríveis. Fico agradecido pelo apoio."

O Sporting isolou-se hoje no comando da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer, com virada, o Gil Vicente por 3-1, no jogo que encerrou a 12.ª jornada e no qual o sueco Viktor Gyökeres 'bisou'.

Rúben Fernandes, aos 34 minutos, ainda colocou na frente os gilistas, que somaram o quarto encontro consecutivo para a Liga sem vencer, mas os 'leões' igualaram ainda na primeira metade, através de um autogolo de Pedro Tiba, aos 43. O avançado sueco Viktor Gyökeres marcou os dois golos 'leoninos' na segunda metade e isolou-se no segundo lugar dos melhores marcadores da prova, com nove tentos, menos dois do que o bracarense Simon Banza.

Com esta vitória, o Sporting, que voltou aos triunfos depois da derrota na última ronda na Luz, reassumiu isolado o comando do campeonato, com 31 pontos, mais dois do que o Benfica, agora segundo, e três do que o FC Porto, terceiro, enquanto o Gil vicente ocupa o 13.º lugar, com 11.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.