Óscar Cardozo pode tornar-se esta noite, frente ao Olhanense, o melhor marcador estrangeiro da história do Benfica. Caso marque frente aos algarvios, o paraguaio iguala Mats Magnusson, detentor do estatuto há duas décadas.

Mats Magnusson marcou 84 golos em jogos oficiais pelo Benfica em cinco épocas: 64 no campeonato, 14 na Taça de Portugal, cinco na UEFA e um na Supertaça.

Já Cardozo, actualmente com 83 golos apontados, em três épocas e meia, marcou 61 no campeonato, cinco na Taça de Portugal, 15 na Taça UEFA e dois na Taça da Liga.

Mats Magnusson reage com desportivismo à superação da sua marca e, em declarações ao jornal “A Bola”, afirma que nunca pensou ser o melhor marcador duas décadas.

“Cardozo apanhar-me não me aborrece. Os seus golos e o seu êxito são a alegria do Benfica e dos seus adeptos e sócios, que adoro! Fico feliz pelo seu êxito, merece.”

Quanto à época em curso, Mats reconhece que o Benfica não está tão bem como o ano passado, mas defende Jorge Jesus:

“A equipa não está tão bem este ano, mas não pode ser do treinador, que é o mesmo e admiro: deve ser dos jogadores, que têm é de trabalhar mais.” 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.