Declarações de Carlos Carvalhal, treinador do Rio Ave à Sport TV, após a derrota da sua equipa frente ao FC Porto.

Primeira parte do Rio Ave: "Parabéns ao FC Porto. Foi mais eficaz e ganhou, não há justiça no futebol. Na primeira parte não fiquei satisfeito. Não circulámos a bola a partir de trás, não controlámos o meio campo, não fomos agressivos no ataque... quase nada funcionou e disse-o ao intervalo. Salva-se o facto de a equipa ter defendido toda junta."

Melhorias no segundo tempo: "A segunda parte foi diferente: apostámos tudo, com dois avançados, dois alas, o Jambor para dar mais posse de bola, uma linha de três atrás e os laterais subidos. Começámos a circular a bola, a ser mais agressivos e foi um sinal mais do Rio Ave. No segundo tempo, o FC Porto consegue uma bola na barra e um lance em que o Kieszek faz uma grande defesa. Nós tivemos o golo anulado, uma situação do Nuno e outra do Bruno."

Resultado é justo? "Há duas partes distintas e na segunda controlámos mais o jogo, foi mais ao nosso nível e fizemos o FC Porto sentir dificuldades. O FC Porto respeitou-nos, jogou junto, com quatro médios. Não é fácil ver uma equipa como o FC Porto a defender depois com uma linha de seis e isso aconteceu. Não estou a criticar, foi a forma mais eficaz que eles arranjaram para nos fechar os caminhos da baliza. Podíamos ter felicidade, ter feito o golo e estaríamos a falar de um resultado diferente. Se fosse o empate não saberia dizer se é justo ou não, porque isso não existe no futebol."

O FC Porto somou, este domingo, o sexto triunfo seguido na I Liga portuguesa de futebol, ao vencer por 1-0 no terreno do Rio Ave, mantendo-se a par do Benfica na perseguição ao líder Famalicão. Neste encontro da sétima jornada, o quarto golo de Marega no campeonato, marcado aos 12 minutos, valeu o triunfo aos 'dragões', que chegavam a Vila do Conde pressionados pelas vitórias de Benfica e Famalicão no sábado.

Com 18 pontos, o FC Porto mantém-se em igualdade com os campeões nacionais, que receberam e venceram o Vitória de Setúbal (1-0), e ambos seguem a um ponto do Famalicão, que derrotou em casa o Belenenses SAD (3-1). O Rio Ave, quarto à entrada da ronda sete, caiu para o sétimo posto, com 10 pontos, perdendo posições para Vitória de Guimarães (12), Boavista (11) e Santa Clara (11).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.