“Não se pode acusar os jogadores do Sporting de falta de atitude neste jogo. Entregaram-se ao jogo, foram para cima do adversário. O Rui (Patricio) não fez nenhuma defesa ao longo da partida. Uma boa atitude das duas equipas. Na minha opinião a haver um vencedor seria a equipa do Sporting, falhámos boas oportunidades para fazer o golo. É preciso marcar para ganhar e foi essa a nossa penalização para este jogo pois não conseguimos marcar para eventualmente conseguirmos ganhar. A nossa equipa demonstrou atitude e entrega num campo difícil perante um adversário difícil que se posiciona muito bem em campo, muito organizada. A nossa equipa marcou presença, acreditou até ao fim, até ao último segundo de jogo, é assim que eu gosto que as minhas equipas joguem, infelizmente nos minutos finais tivemos das melhores situações de golo ao longo do jogo e não conseguimos concretizar.” Disse Carlos Carvalhal no final da Flash Interview da Sport TV.

Em relação às declarações de José Eduardo Bettencourt, em que o líder leonino apontou os objectivos da equipa para o quarto lugar, a manutenção do treinador dependente de bons resultados, e a falta de hábito de vitória no clube, Carlos Carvalhal admitiu desconhecer o conteúdo das declarações e assegurou que está de corpo e alma no Sporting para ajudar o clube obter melhores resultados.

“Não comento declarações que não ouvi mas aquilo que eu quero dizer é que estou de alma e coração no Sporting, tenho em mãos algo de muito difícil, que tenho que ter muita coragem, é preciso ter muita determinação e é isso que eu procuro evidenciar, coragem, determinação, focalização na minha equipa, viver para o Sporting e dedicar-me ao Sporting.”

Em relação à possível saída do russo Izmailov, Carlos Carvalhal afirmou desconhecer a venda do jogador do Sporting.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.