Carlos Severino antecipou o 'dérbi eterno' entre Benfica e Sporting, desejando que não hajam interferências de terceiros no desfecho do jogo da próxima sexta-feira.

Em declarações ao SAPO Desporto, o ex-candidato à presidência do Sporting não foi de meias palavras e classifica este campeonato como uma "uma profunda mentira" e fala mesmo em "braços azuis e vermelhos' na arbitragem.

"Espero que seja um bom jogo e que não tenha interferências de terceiros. É que realmente este campeonato, aliás o campeonato português é uma redonda mentira por uma série de factores como uma arbitragem, por ser uma entidade subalterna da Federaçao Portuguesa de Futebol. Tem lá muitos 'braços vermelhos e azuis' e isso não é bom para a verdade desportiva. O Sporting está longe dos primeiros lugares e precisa de dar uma resposta da sua valia", começou por dizer, antes de salientar que o Sporting não poderá ombrear com os rivais enquanto "não combater essa influência".

"Quem esta a ser prejudicado é próprio campeonato porque nem o FC Porto nem o Benfica precisam dessas ajudas para chegar ao patamar dos milhões que é a Liga dos Campeões, porque dificilmente o Sporting vai lá chegar, também por falta de competência dos seus dirigentes. Não têm capacidade para fazer esse combate. Com essas ajudas todas, os dois principais clubes têm uma grande vantagem e também por culpa própria o Sporting não consegue combater essa influência. Enquanto o Sporting não se conseguir posicionar-se ao nível do Benfica e do FC Porto no panorama do poder do futebol,  nunca mais ganha o campeonato," sublinhou.

Apesar de considerar o Benfica favorito no dérbi, Carlos Severino acredita que o Sporting tem capacidade para contrariar essa favoritismo até porque os encarnados "têm o FC Porto à perna".

"O Benfica tem o 'FC Porto à perna'. Não querem certamente perder pontos para o FC Porto. Não vai ser fácil, mas eles estão pressionados. Um dérbi é sempre aliciante. Os jogadores motivam-se ainda mais. É o grande jogo do campeonato português, que é sempre um Sporting-Benfica ou um Benfica-Sporting. É o chamado dérbi eterno e espero que o Sporting consiga contrariar o favoritismo do Benfica. O Benfica é mais favorito porque tem muitas soluções, mas o Sporting com o seu orgulho, vai tentar somar os três pontos para não ficar longe porque precisa de ficar em terceiro lugar."

Questionado sobre como pode estar o foco de Bruno Fernandes no dérbi, dada a iminente saída para o Inglaterra, o ex-candidato à presidência do Sporting não acredita que o médio se deixe condicionar.

"O Bruno já está habituado. Ele é um excepcional jogador e tem uma mentalidade ganhadora por isso não acredito que ele se deixe condicionar. O Bruno Fernandes é um jogador de excepção e em termos físicos, psicológicos e táticos não se vai deixar afetar certamente por essas situações. Espero que ele consiga marcar a diferença."

Sobre que Sporting será com a eventual saída do médio, o adepto leonino considera que "não se pode ter o melhor de dois mundos e aponta o dedo à anterior direção do clube.

"Com a classe do Bruno Fernandes não há jogadores aos pontapés. Mas o Sporting não pode ter o melhor de dois mundos. Não pode ter um grande jogador e ter dinheiro. Aquilo que aconteceu no tempo do presidente destituído foi criminoso. O Sporting 'ficou nas lonas' completamente e é preciso recuperar o Sporting financeiramente. Espero que haja uma solução que consiga colmatar essa saída. Mas há ainda a Liga Europa para ganhar e a Taça da Liga e para o ano o terceiro lugar dá acesso à Liga dos Campeões. Espero também que seja dada oportunidade ao Pedro Mendes, sem Bruno Fernandes a equipa não será tão eficaz, mas espero que seja encontrada uma solução."

Com as ausências de Vietto e Coates o Sporting não vai estar tão forte, ainda assim Carlos Severino acredita que os jogadores que preencherem os lugares terão que aproveitar a oportunidade.

"O Vietto é um jogador com classe e claro que vai fazer falta, embora eu considere que ele está a um nível abaixo do que pode render. O Coates faz muita falta porque o Sporting ao nível dos centrais não tem jogadores da categoria dele. O Sporting fica prejudicado, mas substitutos têm que aproveitar a oportunidade", finalizou.

O Sporting recebe, esta sexta-feira, o Benfica em partida a contar para a 17.ª jornada da I Liga. A partida tem início às 21h30.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.