"Na primeira parte, devíamos ter marcado. Estávamos a favor do vento, tivemos oportunidades e podíamos ter decidido o jogo", disse Carlos Carvalhal no flash-interview da RTP1 após a partida, acrescentando: "Na segunda parte, a jogar contra o vento, foi complicado."

O técnico leonino quis de imediato lançar o jogo com o Everton, em que os leões decidem a continuidade na Liga Europa, apelando aos adeptos. "Agora temos um jogo importante na quinta-feira. Lanço um repto aos adeptos para nos apoiarem. Conseguimos um resultado bom, apesar de termos querido vencer em Inglaterra, e esperamos seguir em frente. Condição para continuar? Quero é o apoio dos adeptos na quinta-feira", frisou.

Já na conferência de imprensa, Carvalhal confessou estar à espera de poder utilizar Izmailov, apesar das "negociações" que existem com o Lokomotiv Moscovo e que poderão ditar a sua saída de Alvalade nos próximos dias. "Não tenho indicação que ele não possa jogar", frisou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.