De acordo com o Expresso, Paulo Silva, um dos denunciantes do caso 'CashBall', disse ao Ministério Público ter recebido dinheiro do jornal "Correio da Manhã".

Num documento judicial que o "Expresso" teve acesso, o empresário revelou que aceitou "uma quantia monetário de valor elevado" para dar entrevista ao "CM" e "CMTV" e que já estaria a ser "pressionado pelos jornalistas para esse efeito".  Também porque "precisava de dinheiro para sustentar os filhos e se encontrar desempregado desde o início do ano de 2018 até ao fim de abril".

Depois de ter sido contactado pelo referido órgão, o diretor do "CM", Otávio Ribeiro desmentiu essa informação.

"Paulo Silva não recebeu dinheiro nenhum do "CM" nem da "CMTV". Tenho a certeza".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.