O tutor de Bruma, o guineense Catió Baldé, revelou hoje à agência Lusa que a situação do futebolista leonino «estará resolvida na quinta-feira» e que estabeleceu «um pacto de silêncio» com os responsáveis do Sporting sobre o caso.

«A única coisa que lhe posso dizer é que este processo vai estar resolvido na quinta-feira«, disse Catió Baldé, que esteve hoje envolvido em reuniões com responsáveis do Sporting na tentativa de encontrar uma saída para o impasse a que chegou a situação de Bruma.

O tutor do jovem futebolista leonino confessou ainda a existência de «um pacto entre as partes« para «não prestar declarações ou revelar informações sobre o andamento das negociações«, por forma a «não prejudicar o andamento» das mesmas.

Recorde-se que a Comissão Arbitral Paritária (CAP) da Liga deu razão ao Sporting, considerando que o contrato entre o clube o internacional sub-20 português é válido.

A CAP anunciou que foram «julgados totalmente improcedentes os pedidos do requerente», ou seja, Bruma, que reclamava a invalidade do vínculo com o Sporting até final da época 2013/14.

Bruma, de 18 anos, e os seus representantes consideravam que o vínculo ao Sporting tinha terminado no final da época 2012/13, versão contrariada pelos "leões", que defendiam a validade do contrato para a época em curso.

Em causa estão dois contratos assinados pelo jogador, um primeiro contrato-promessa assinado em 2010 e com a duração de três anos - limite imposto pela FIFA no caso de jogadores menores - e um segundo rubricado em 2011, igualmente por três épocas, e que os representantes de Bruma dizem não ter validade.

Entretanto, o jogador ainda não se apresentou na Academia de Alcochete, para iniciar a preparação para a época 2013/14.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.