Edinson Cavani considera que a saída de Maxi Pereira do Benfica para o FC Porto se ficou a dever a um esforço insuficiente dos encarnados para renovar com o jogador uruguaio, que já estava há oito anos no clube da Luz.

Numa entrevista concedida ao Diário de Notícias, o compatriota do novo lateral do FC Porto sublinha que Maxi gostava dos encarnados. "Não tenho dúvidas de que Maxi gostaria de ter ficado no Benfica. Ele dizia bem do clube, da cidade e a família gostava muito de Lisboa. Ele não ficou porque o Benfica não fez o suficiente e aparentemente o FC Porto fez tudo para o contratar", afirmou.

O avançado do PSG foi mais longe na defesa da opção do colega de seleção e realça a dimensão do FC Porto. "Já conhece muito bem o país, o campeonato e o FC Porto é um dos melhores clubes da Europa. Não se pode dizer não a um clube como o FC Porto, tenho a certeza de que tomou a melhor decisão, pois vai lutar para ser campeão. Aliás, com Maxi, o FC Porto fica com mais oportunidades de se sagrar campeão".

"Não conheço a equipa do Benfica muito bem. Mas sei que Maxi Pereira era titular, um dos jogadores mais utilizados e já um dos futebolistas mais importantes. Por tudo isto, o Benfica tem obrigatoriamente de ficar a perder", rematou Cavani.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.