O presidente executivo da Central de Cervejas disse hoje que o valor total de patrocínios ao futebol profissional é de “12 milhões de euros anuais”, incluindo o acordo firmado com a selecção nacional de futebol.

“O investimento ascende a 12 milhões de euros por ano, com IVA incluído”, revelou Alberto da Ponte, em Portimão, após a assinatura do acordo de patrocínio com o Portimonense, clube que disputa a Liga principal de futebol.

A Central de Cervejas formalizou hoje o patrocínio ao clube algarvio, válido por três épocas.

“É um contrato de médio prazo, mas que se poderá transformar em longo prazo, porque Portimão tem uma mística especial, devido aos consumidores de cerveja e de água durante o verão”, observou Alberto da Ponte, recusando-se a adiantar o montante do patrocínio ao clube algarvio.

Contudo, o presidente do Portimonense, questionado pelos jornalistas, revelou que o acordo firmado com a Central de Cervejas “terá um retorno para o clube de 60 mil euros anuais”.

Para Fernando Rocha, o patrocínio com a Central de Cervejas “é o reconhecimento do trabalho desenvolvido ao longo de quatro anos, e que colocou o clube no escalão principal do futebol português”.

Com um movimento anual de cerca de 480 milhões de euros anuais, a Sociedade Central de Cervejas e Bebidas patrocina vários clubes, entre os quais o Benfica, Braga, Académica e Olhanense.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.