O Famalicão informou esta segunda-feira a saída de Rui Pedro Silva do cargo de treinador principal. O técnico de 45 anos deixa, assim, o comando técnico do emblema minhoto, atual 16.º classificado da I Liga. Segundo os famalicenses, a rescisão de contrato ocorre "por mútuo acordo".

Rui Pedro Silva encontrava-se no cargo desde dezembro de 2021, quando substituiu Ivo Vieira no leme do Famalicão. Ao todo, em 27 jogos somou oito vitórias, tendo na temporada passada pegado no clube em posição delicada na tabela e terminado a temporada num confortável 8.º lugar.

Esta época, porém, o Famalicão soma uma vitória, um empate e cinco derrotas em sete jornadas, tendo marcado apenas um golo (pior ataque da prova) e sofrido oito. Números que ditaram a saída prematura do técnico.

Esta é a segunda 'chicotada psicológica' da época na I Liga, depois de o último classificado Marítimo ter dispensado os serviços do treinador João Henriques, substituído por Vasco Seabra.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.