O Sporting-FC Porto transforma o estádio José Alvalade em epicentro da 12.ª jornada da Liga portuguesa de futebol, mas a visita do Benfica a Aveiro também promete emoções fortes, após o afastamento dos “encarnados” da Liga dos Campeões.

Sem derrotas (apenas um empate na Liga) e com uma confortável vantagem de 10 pontos para os segundos classificados e de 13 para o Sporting, o FC Porto apresenta-se em Alvalade quase na máxima força (a excepção é Álvaro Pereira) e com um meio campo pautado pelo futebol de João Moutinho, antigo “capitão” do emblema lisboeta.

Em casa, o Sporting tem pecado na presente temporada, com apenas duas vitórias, associadas a duas derrotas e um empate, e somente cinco golos marcados, contra quatro sofridos.

Já o FC Porto, que empatou em Guimarães, venceu as restantes quatro partidas disputadas fora do Dragão, marcando sete golos e sofrendo um.

Muito mais importante para o Sporting do que para o FC Porto, o jogo grande da 12.ª jornada, no sábado, é arbitrado por Jorge Sousa.

No domingo, em Aveiro, o Benfica defende a segunda posição (em igualdade pontual com o Vitória de Guimarães) e procura espreitar a possibilidade de se chegar ao líder, precisando, para isso, de uma ajuda do “rival” Sporting.

Pode até terminar a jornada com uma desvantagem de apenas sete pontos para o líder, embora o fosso possa alargar-se para 13.

Os “encarnados” somam duas vitórias e duas derrotas fora da Luz, enquanto em casa o Beira-Mar ainda não perdeu, com dois triunfos e três empates.

O surpreendente Vitória de Guimarães tem, no sábado, deslocação habitualmente difícil ao terreno do Marítimo, que, em casa, tem, contudo, apenas uma vitória (duas derrotas e dois empates).

Já o Sporting de Braga, aquém do nível na temporada passada, recebe em casa o Nacional da Madeira, no domingo, embalado do triunfo sobre o Arsenal, por 2-0, na quinta jornada da Liga dos Campeões.

Vitória de Setúbal e Académica, no Bonfim, abrem a jornada na sexta feira, com a possibilidade de os “estudantes” regressarem aos lugares europeus e a equipa de Manuel Fernandes ascender, ainda que provisoriamente, ao sexto lugar.

No domingo, na Figueira da Foz, a Naval, última classificada, tenta o segundo triunfo na prova, na recepção ao Rio Ave, enquanto o Portimonense espreita a visita da União de Leiria para sair dos lugares de despromoção.

No sábado, o Olhanense joga em Paços de Ferreira, ambicionando igualmente a presença nos lugares da Europa, com a equipa da casa a tentar alargar a distância para a cauda da tabela classificativa.

Programa da 12.ª jornada:
- Sexta-feira, 26 Nov.:
Vitória de Setúbal – Académica, 20:15.
- Sábado, 27 Nov.:
Marítimo – Vitória de Guimarães, 17:00.
Paços de Ferreira – Olhanense, 19:15.
Sporting – FC Porto, 21:15.
- Domingo, 28 Nov.:
Naval 1.º de Maio - Rio Ave, 16:00.
Portimonense – União de Leiria, 16:00.
Sporting de Braga – Nacional, 20:15.
Beira-Mar – Benfica, 18:15.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.