Jorge Nuno Pinto da Costa é um “dinossauro” do futebol português. Há 27 anos à frente dos destinos do FC Porto, o dirigente está mais habituado a receber de prenda o título de Inverno (19 vezes).

A época passada, os “dragões” também ocupavam a terceira posição e viriam a sagrar-se campeões, pela quarta vez consecutiva. O mesmo sucedeu na longínqua época de 1985/86, em que passaram o ano no terceiro posto, em igualdade pontual com os dois primeiros, e no final festejaram, mais uma vez.

Em 27 anos de liderança, Pinto da Costa já arrecadou 17 campeonatos, 10 Taças de Portugal, 15 Supertaças, uma Taça UEFA, uma Super Taça Europeia, duas Taças Intecontinentais eviu o FC Porto sagrar-se campeão europeu duas vezes. O chamado currículo invejável, onde nada faltou ganhar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.