A Comissão de Instrutores da Liga Portuguesa rejeitou ouvir os 22 árbitros que queriam prestar declarações sobre o caso dos emails que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção denunciado por Francisco J. Marques no Porto Canal.

De acordo com o Antena1, os encarregados da Comissão de Instrutores acreditam que os depoimentos dos árbitros não seriam pertinentes, uma vez que não são arguidos no tema.

Recorde-se de que 22 árbitros pediram para ser ouvidos alegando que os respetivos nomes estavam a ser postos em causa. No entanto, o pedido foi negado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.