Sérgio Conceição fez esta tarde a antevisão do jogo com o Vitória de Setúbal, da 5.ª jornada da I Liga. O técnico do FC Porto abordou vários temas, como as várias opções que vai tendo no plantel, o perigo que representa o Vitória de Setúbal e os maus resultados nos últimos jogos.

O que espera do Vitória de Setúbal? "Esperamos sempre ganhar. É verdade que as equipas do Lito são bem organizadas, trabalham bem defensivamente. Já o defrontei algumas vezes. Conhecemos o que é o Vitória, individual e coletivamente, mas devemos preocupar-nos com o que podemos fazer. Na Taça da Liga, em casa, a dificuldade foi perante um adversário que se preocupou que o tempo passasse e em contrariar de todas as formas a força do FC Porto. Já estive em equipas mais pequenas em Portugal e sentia que a organização defensiva era importante perante formações mais fortes, mas há um limite para isso e como treinador nunca permitia o que já vi neste ano e meio algumas equipas fazerem para conseguirem um pontinho mínimo. Não estou à espera disso do Lito, mas de uma equipa que tentará aproveitar saídas rápidas. Têm uma dinâmica ofensiva interessante nesse sentido. As equipas do Lito acreditam. Esperam-nos dificuldades mas estamos preparados."

Boas dores de cabeça: "É bom termos dores de cabeça, é bom termos mais do que uma solução de qualidade para uma posição. Mas no FC Porto temos um plantel com quase toda a gente em condições, só o Mbemba e o Soares é que ainda não estão. Há jogadores em luta constante por um lugar. É ainda de salientar o bom inicio de época que o Diogo (Leite) teve e o Militão, um jogador que veio do Brasil, adapto-se rapidamente ao nosso futebol. Daí a minha felicidade em termos estas dores de cabeça."

O que representa o regresso de Danilo: "No tempo em que esteve lesionado mesmo assim era importante, muito humilde e trabalhador, consciente dos princípios que se vivem aqui. Ele personifica bem o que é o 'jogador à FC Porto', que é essa capacidade de trabalho, sacrífico e humildade. Agora também é importante dentro de campo. Mais uma solução e um reforço importante, do qual estive privado a época passada. Outros aproveitaram e fizeram um campeonato fantástico."

Surpreendido com rápida adaptação de Militão? "Conhecíamos o Militão e vi jogos dele a central, lateral ou médio defensivo. Sei o que ele pode dar, é um jovem que tem grande potencial e está em evolução constante. Depois a equipa dita onde ele poderá jogar, até pode ficar no banco uma ou outra vez. Pelo que fez até agora, é um jogador importante."

Os maus resultados nos últimos: "Espero que o FC Porto seja o FC Porto que tenha as mesmas características que tivemos no ano passado e que fazem parte do ADN da equipa. Uma equipa com muita ambição, que se prepara de forma rigorosa e humilde, respeitando sempre o adversário. Estamos cada vez mais fortes até pela entrada de um ou outro jogador e pelo trabalho que se tem vindo a fazer. Não tivemos os jogadores todos à disposição e cada vez vamos estando mais fortes e melhores. Para nós o futuro é, de certa forma, risonho, pelos indicadores que vou tendo ao longo da semana. Espero e tenho a certeza que vai ser uma demonstração dessa consistência e eles têm uma vontade grande de ganhar".

O Vitória de Setúbal - FC Porto, da 5.ª jornada da I Liga, está marcado para às 21h00 deste sábado, 22 de setembro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.