Sérgio Conceição não vai estar no banco do FC Porto na próxima jornada da I Liga, diante do Santa Clara. O técnico dos azuis e brancos viu um amarelo diante do Boavista no domingo, pelo que terá de cumprir um jogo de castigo.

Na conferência de imprensa de análise do dérbi da Invicta, Sérgio Conceição contestou a mostragem do amarelo por parte do árbitro Artur Soares Dias.

"Houve lances que ainda não tive oportunidade de ver. Posso ter uma opinião diferente a partir do banco e normalmente é a favor da minha equipa, posso dizer 'é penálti', mas não podem chamar o árbitro para me dar amarelo. Não faz sentido. Parece que a única maneira de acalmar os treinadores é dar amarelo ou vermelho e eu não disse absolutamente nada, zero. Agora com o Santa Clara estou fora", começou por dizer o técnico portista, antes de explicar que o facto de viver o jogo de forma apaixonada por ser mal interpretado.

"Estou a viver o jogo de forma apaixonada, é pah... deixem-me viver o jogo, ou querem que venha de braços atados e boca fechada? É que nem me dirigi ao árbitro, só disse que no lance do Evanilson era penálti. Nós achamos sempre que é penálti, o treinador vive dessa forma. Acho eu. Bem, nem todos os treinadores… O Manuel Machado uma vez disse-me que eu era o contrário dele e que tinham de o acordar para ele não adormecer no banco, disse-me isto na brincadeira. Mas, seja como for, não há problema, não estarei no banco, mas tenho uma equipa técnica competente, na qual confio plenamente", completou.

Tal como aconteceu em outras ocasiões, o adjunto Vítor Bruno assumirá a equipa azul e branca diante dos açorianos no dia 03 de abril, na 28.ª jornada da I Liga de futebol.

Um golo de Fábio Vieira permitiu ao FC Porto vencer em casa do Boavista 1-0 no domingo, em jogo da 27.ª jornada da I Liga de futebol, permitindo aos 'dragões' manterem os seis pontos de vantagem para o Sporting.

O tento solitário de Fábio Vieira surgiu ainda na primeira parte, aos 32 minutos, permitindo ao FC Porto, que viu Ivanilson falhar uma grande penalidade, aos 63 minutos, manter-se invicto na prova e somar a terceira vitória consecutiva, frente a um Boavista que vinha de seis jogos sem perder, embora tenha apenas registado uma vitória, contra cinco empates.

Com esta vitória, o FC Porto comanda com 73 pontos, mais seis do que o Sporting, campeão em título e segundo classificado, enquanto o Boavista fecha a ronda no 13.º posto, com 27 pontos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.