Os acionistas da SAD do FC Porto são chamados  esta quinta-feira para votar o relatório e contas da sociedade, que concluiu o último exercício, relativo à época de 2022/23, com um resultado líquido negativo de 47,627 M€.

A Assembleia Geral está marcada para as 15 horas, no Estádio do Dragão, e terá vários pontos na ordem de trabalhos, entre os quais uma avaliação geral da administração e fiscalização da sociedade; a apreciação e aprovação da política de remuneração dos órgãos da administração pela Comissão de Vencimentos; e a apreciação e deliberação de uma proposta de alteração parcial dos estatutos da sociedade, nomeadamente no Artigo 20.º, relativo à constituição da assembleia e à contagem de votos.

O encontro com os acionistas, que antecede uma nova reunião magna com os associados, marcada para o próximo dia 29, será uma oportunidade para a administração explicar o plano traçado para apresentação de contas positivas no final do primeiro semestre de 2023/24, tal como prometido pelo líder portista na longa entrevista concedida esta semana.

Para esta melhoria contribuirá a venda de Otávio  por 60 milhões de euros ao Al Nassr, realizada já depois da conclusão do exercício, o acordo estratégico com a Legends - empresa norte-americana que também trabalha com o Real Madrid, Barcelona ou Manchester City, que fica com os direitos de exploração comercial do estádio do F. C. Porto - e também o encaixe com a participação na Liga dos Campeões - para já fixado nos 50,1 milhões de euros.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.