O diagnóstico realizado ao futebolista Daniel Carriço, forçado a sair com queixas no ombro esquerdo no jogo de hoje do Sporting com o Paris Saint-Germain, não revelou fractura.

“Daniel Carriço sofreu um traumatismo violento no antebraço e cotovelo esquerdos. Foi radiografado e, apesar de se ter verificado a existência de uma contusão óssea e uma incapacidade funcional importante, não se detectou qualquer fractura”, referiu o director clínico do Sporting, Gomes Pereira, em comunicado inserido na página oficial do clube na internet.

Apesar de Daniel Carriço estar em dúvida para o encontro com o conjunto francês, de apresentação da equipa de Paulo Sérgio aos sócios do Sporting, o responsável médico do clube adiantou que está previsto que o jogador “esteja apto para a digressão aos Estados Unidos”.

Daniel Carriço lesionou-se na segunda parte da derrota sofrida hoje com o Paris Saint-Germain (4-2), último jogo no estágio do Sporting em França.

O futebolista abandonou o terreno de jogo com o braço esquerdo imobilizado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.