Daniel Ramos era um treinador feliz, depois de ver a sua equipa aplicar a primeira derrota da época em Portugal ao Benfica. O técnico do Marítimo sublinhou na zona de entrevistas rápidas à Sport TV que esta foi a vitória mais importante da sua carreira.

Exibição do Marítimo: "Eles entenderam bem a mensagem. Podíamos ter tido qualquer resultado que os jogadores estariam sempre de parabéns. Acreditaram que podiam complicar o jogo ao Benfica, que podiam reduzir os espaços e controlar. Fizemos um golo e depois fomos felizes. Precisávamos defender e foi o que fizemos e muito bem, com muito rigor, muita disciplina e muita crença. Estivemos num bom dia. Hoje conseguimos estar como queríamos, frente a um Benfica muito superior. Não tenho problemas em admitir isso, mas conseguimos uma vitória saborosa".

Orgulho ferido após derrota na Taça: "Hoje demonstrámos uma imagem diferente em relação ao jogo da Taça de Portugal. Não somos aquele Marítimo. Hoje tivemos uma pontinha de sorte e isso ajudou muito, mas fomos muito rigorosos. O plano de jogo foi muito bem elaborado. Conseguimos um resultado de excelência frente a uma grande equipa, muito melhor do que o Marítimo. Grande feito".

Vitória a nível pessoal: "Se é a mais importante da carreira? Pode dizer-se que sim. Neste patamar da I Liga sim. Que seja a primeira de muitas".

O Benfica perdeu com o Marítimo por 2-1 na abertura da 12.ª jornada da I Liga.

http://desporto.sapo.pt/futebol/primeira_liga/fotos/12aj-maritimo-benfica-16-17/

http://desporto.sapo.pt/futebol/primeira_liga/videos/12aj-maritimo-benfica-16-17/

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.