O movimento "Dar Futuro ao Sporting", que no passado dia 7 de janeiro entregou a Rogério Alves as assinaturas necessárias para a convocação de assembleia geral destituitiva, reagiu esta quarta-feira à série negativa de resultados que o Sporting leva nos últimos dois jogos.

O movimento afirma que apesar de ainda faltarem seis dias para a confirmação das assinaturas entregues, não pode ficar em silêncio face ao que tem acontecido no 'reino do leão'.

"(...) não podemos ignorar os últimos péssimos resultados e momentos do Clube. Foram mais duas humilhantes derrotas da equipa de futebol do Sporting CP, finda a primeira volta do Campeonato estamos mais próximos do penúltimo lugar do que do primeiro, arredados de mais uma competição, já que anteriormente fomos humilhados também na Taça de Portugal por uma equipa do 3º escalão, passando para um plano totalmente secundário no futebol nacional", escrevem.

O movimento deixa ainda fortes críticas à ausência de tomada de posição de Frederico Varandas cuja ausência "chega a ser desesperante", numa altura em que consideram ser "fundamental o Presidente Coragem (que de coragem só tem mesmo a alcunha) vir a público defender e pedir desculpa à massa associativa deste grandioso clube que se tornou alvo de chacota nacional, semana após semana, para gáudio dos nossos rivais e para nosso desespero".

No comunicado os responsáveis do movimento esperam que a próxima aparição pública de Frederico Varandas "seja para apresentar a sua demissão, já que as poucas pessoas que ainda estão com ele, diminuem dia após dia", algo que revelaria "algum sportinguismo" do líder leonino, nas palavras do movimento.

Leia o comunicado na integra

"Boa noite Leões e Leoas,

Como sempre estamos aqui para ouvir as vossas preocupações e esclarecer as vossas dúvidas, uma das quais relacionada com a data para resposta da MAG ao pedido que lhes foi entregue, data que ficou acordada para dia 28 de Janeiro.
Estamos a 6 dias de receber o comunicado da MAG na figura do seu presidente, sobre a validação dos documentos que foram entregues para a convocação da AG com único ponto de ordem de trabalhos a Destituição dos actuais orgãos sociais do Sporting Clube de Portugal.
Assim que nos seja comunicado o parecer positivo e o real valor do orçamento para a realização da AG de Destituição, a partir desse dia iniciaremos a recolha dos fundos, pois teremos 15 dias úteis para a entrega dos mesmos.

Contudo, não podemos ignorar os últimos péssimos resultados e momentos do Clube.
Foram mais duas humilhantes derrotas da equipa de futebol do Sporting CP, finda a primeira volta do Campeonato estamos mais próximos do penúltimo lugar do que do primeiro, arredados de mais uma competição, já que anteriormente fomos humilhados também na Taça de Portugal por uma equipa do 3º escalão, passando para um plano totalmente secundário no futebol nacional.

Nesta actual grave crise como a que estamos a atravessar, chega a ser desesperante esperar por uma declaração ou por uma tomada de posição, e quando mais era fundamental o Presidente Coragem (que de coragem só tem mesmo a alcunha) vir a público defender e pedir desculpa à massa associativa deste grandioso clube que se tornou alvo de chacota nacional, semana após semana, para gáudio dos nossos rivais e para nosso desespero. Desespero este, que não parece preocupar de todo quem nos dirige.
Contudo,vai preferindo os bastidores para ameaçar presidentes de outros clubes, quando foi primar pela segurança no desporto ao governo, e abrir guerras com os sócios com o único intuito de causar uma maior desunião no universo sportinguista.

Esperemos que a sua próxima aparição pública seja para apresentar a sua demissão, já que as poucas pessoas que ainda estão com ele, diminuem dia após dia.
Facilitaria o processo, e era uma prova que apesar da sua incompetência enquanto presidente ainda teria algum Sportinguismo, já que criaria condições para que a próxima época fosse trabalhada com condições para atingirmos alguma glória.

Sabemos que o futuro do nosso Sporting CP será sinuoso, que teremos de percorrer o caminho das pedras, mas queremos que o futuro mesmo assim seja ambicioso e trabalhado com competência.
Caso contrário não temos dúvidas, e cada vez menos, que o Dr. Rogério Alves convocará a Assembleia Geral para dar voz aos associados da maior potência desportiva nacional, e esses responderão em massa à sua Destituição.

Que este seja um momento de reflexão, pois é hora de todos refletirmos. Precisamos que todos continuem a ter orgulho em ser do Sporting e que não desistam. Precisamos que as novas gerações sintam um misto de ansiedade e emoção cada vez que entram no estádio, que vibrem com os golos dos seus ídolos, que sofram com cada derrota e que desfrutem da maior honra que podem ter. Ser do SPORTING CLUBE DE PORTUGAL!

Precisamos de todos para Dar Futuro ao Sporting!

#DarFuturoAoSporting"

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.