Cada vez mais decisivo no Benfica, o avançado uruguaio Darwin Nuñez, contratado esta época pelas 'águias' por um valor recorde no futebol português (24 milhões de euros) falou esta sexta-feira em declarações a um dos canais digitais do clube da Luz, a BPlay.

Um dos temas abordados pelo antigo avançado do Almeria foi a parceria com Luca Waldschmidt, a qual rendeu já vários golos, com Darwin a assistir o alemão para três golos e o alemão a assistir o uruguaio para dois, desde que ambos chegaram aos 'encarnados' no início da época.

"Chegámos este ano e, com o tempo, iremos entender-nos cada vez melhor. Vamos fazer uma grande dupla", garantiu o ponta-de-lança de 20 anos.

Darwin recordou também os três golos frente ao Lech Poznan, para a Liga Europa, com os quais se estreou a marcar pelo Benfica depois de uma primeira série de jogos 'em branco' "O hattrick deu-me muita confiança e os colegas dão-me muita tranquilidade em campo, o que é muito importante. Estava sem marcar e não esperava esse hat-trick. Quero continuar a fazer golos e desfrutar. Vou deixar tudo em campo, em todos os minutos. Os golos irão chegando e, se não chegarem, é continuar a trabalhar", referiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.