A direção do Sporting comunicou aos funcionários do clube que o 'lay-off' decretado no passado dia 16 de abril foi renovado, prolongando a medida por mais 30 dias, até 15 de junho.

Os 'leões' fizeram saber aos seus funcionários que iriam submeter junto da Segurança Social o requerimento para a prorrogação desse "apoio extraordinário à manutenção de contrato de trabalho em empresa em situação de crise empresarial".

Esta medida volta a abranger a generalidade dos funcionários, embora com alguns ajustes em comparação com o definido há um mês, por culpa do regresso da equipa principal de futebol do clube à atividade na Academia de Alcochete, com vista ao regresso da Liga.

Aquando do anúncio do primeiro 'lay-off', a 16 de abril, a foi aplicada a cerca de 95 por cento dos colaboradores dependentes e independentes do clube. Os 'leões' anunciaram também, na altura, um corte de 50 por cento nos vencimentos dos administradores da SAD, bem como de 40 por cento no salário dos futebolistas do plantel principal da equipa de futebol.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.